Como organizar uma festa de batizado?

Planejar com dois meses de antecedência é um dos segredos para uma celebração de sucesso

Para os cristãos, o batismo é um rito sagrado que deve ser realizado nas crianças para que elas vivam em comunhão com Deus durante toda a vida. Este é um dos momentos mais esperados pela família após o nascimento e, como tal, deve ser bem organizado para que seja inesquecível. Por isso, conversamos com Mariana Perylo, da Perylampo Festas, que nos deu várias dicas de como montar a festa perfeita.

De acordo com Mariana, o segredo para uma cerimônia de sucesso é planejar com dois meses de antecedência para ter tempo suficiente de pesquisar fornecedores e fechar todos os detalhes do evento. Como o batizado é uma celebração íntima, a lista de convidados deve ser pequena incluindo apenas os familiares e amigos mais próximos.

Na decoração, as cores devem ser as mais suaves possíveis com branco e tons variados da cor de preferência dos pais ou da criança. O importante é que sejam claras. Quanto aos elementos decorativos, o que não pode faltar são as flores. “Independente de ser menino ou menina, a ornamentação deve conter flores nobres. Elas deixam o ambiente mais leve e sofisticado. O ideal é utilizar lírios, hortênsia ou orquídeas”, explica Mariana. Outros itens como anjinhos e Espírito Santo também podem ser usados. “Tudo isso é necessário para a recepção pós-batismo. Na igreja não é preciso investir muito. Basta colocar alguns arranjos próximos ao altar para tirar fotos”, ressalta. Já na mesa principal, vale apostar em bandejas em prata e porcelana para garantir um ar de requinte.

Outra questão importante são os comes e bebes da cerimônia. O bolo e as guloseimas podem seguir a temática da decoração da festa, com os mesmos tons e figuras. “No quesito doces, os pais podem inovar nos sabores optando por recheios mais sofisticados, como nozes, amêndoas e pistache”, sugere Mariana Perylo. Para eternizar o momento, vale apostar em variados tipos de lembrancinhas, como terço, pequenas garrafas com água benta e caixinhas com brigadeiros ou trufas.

Além de tudo isso, é necessário também pensar na roupa do bebê. A tradição diz que o pequeno deve usar o mandrião, traje branco para batismo que é passado de geração para geração. Como é uma peça unissex, o baby pode ser batizado com o mandrião que foi usado pela mãe, pai, avó ou avô. Se a família não possuir a roupa, a dica é apostar em um look todo branco, que representa a pureza.

Pauta enviada pela Manu Ferreira da 4Comunicação

Fonte das fotos Perylampo Festas

Gostaram?

Que tal compartilhar em sua rede social?

Faça uma visita e participe da nossa Página no Facebook, onde diariamente traz várias ideias e dicas para este mundo de festas.

Bjs e até a próxima

Ana Paula Novais

Siga-o-inspire-sua-Festa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *